Simplesmente temos uma questão técnica de construção da mesma, ou seja, necessário se faz SEPARAR, na hora da execução, a laje base para o fogo, do corpo das paredes lateraisfundos e frontal, e depois colocando sob esta laje as paredes do refratário, assim os mesmos ficarão separados das paredes de fechamento externo.

Portanto, o tijolo refratário estará assentado sobre essa laje e de preferência sem chumbar (grudar) nas paredes de entorno, apenas encostados, podendo ter 1 a 2 cm com enchimento de areia.

>>> Com este recurso, o calor irá primeiramente trabalhar sobre o refratário para depois passar para a parede externa, sendo assim o impacto do fogo não é diretamente sobre a mesma e com isso as paredes externas não trincarão. <<<

Aviso aos churrasqueiros “foguistas”, que fazem um fogo de 8 horas > nestes casos, não haverá como evitar que o calor passe e fissure totalmente as paredes externas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Abrir Chat
Precisa de ajuda?